Como superar o fim de um relacionamento amoroso

Lidar com final de relacionamento não é nada fácil. Por mais experiência que tenhamos, superar um amor é sempre uma tarefa complicada, porém, não é impossível de ser realizada.

Para essa tarefa, enumerei todos aqueles comportamentos e ações que vão te ajudar a aprender como superar o fim de um relacionamento, seja um casamento, namoro, ou mesmo um “relacionamento complicado”.

como superar o fim de um relacionamento

Como aceitar o fim de um relacionamento?

A primeira etapa para a superação é a aceitação. E para conseguir isso você deve ficar atento (a) a dois pontos:

  1. Não se culpar! A pior coisa que você pode fazer é ficar se culpando pelo o que aconteceu. Lembre-se que um relacionamento a dois depende dos dois. Você não pode tomar para si toda a responsabilidade pelo fim de um namoro. Se você realmente tem um bom motivo para se culpar, então é hora de começar a se perdoar para se libertar.
  2. Não pense que vai ser a última vez. Você vai sim amar de novo e ainda descobrir formas de sentimento totalmente novas! Por mais que você possa não acreditar agora, é bem possível que lá na frente você ainda conheça alguém e se surpreenda como nunca antes.

Aceitar que acabou e que você vai ter que seguir em frente vai ser a condição necessária pra superar.

como superar um amor

Como superar um amor em 6 passos

  1. Reconheça sua dor como algo natural e possível de ser superada.
  2. Desfaça-se dos pertences e de tudo aquilo que te faça lembrar da outra pessoa.
  3. Planeje seu dia para ocupar todo o seu tempo.
  4. Evite situações difíceis e busque frequentar locais que te fazem bem.
  5. Comece agora um projeto que você sempre deixou para depois (praticar um esporte novo, academia, curso, música, dança, etc).
  6. Dê tempo a si mesmo (a), pensando menos sobre sua situação e procurando relaxar.

infografico como superar o fim de um relacionamento

Infográfico Como superar o fim de um relacionamento.

1. Aceite sua dor como algo natural.

Procure se esforçar para não exagerar tanto a respeito do seu sofrimento. Não pense que você é a única pessoa no mundo a sofrer de amor. Sua dor é profunda, sim, mas lembre-se: você não é a única pessoa a passar por isso. Pensar dessa maneira vai te ajudar a perceber essa situação como mais manejável, logo, possível de ser superada.

2. Evite os estímulos que te fazem lembrar da outra pessoa.

Se você ainda tem roupas ou outros objetos da pessoa, peça para que alguém devolva. Evite os locais que costumavam frequentar e também evite fazer as coisas que costumavam fazer juntos. Nesse primeiro momento pós relacionamento, devemos evitar os estímulos que provocam a lembrança e, consequentemente, o sofrimento.

Não significa que você nunca mais vai poder fazer coisas que faziam juntos ou frequentar locais onde iam juntos, mas nesse momento o melhor é evitar. Você vai saber quando vai poder ir no momento em que se sentir preparado (a).

3. Não deixe tempo ocioso!

Nos momentos posteriores ao término de namoro ou fim de casamento você deve preencher todo seu tempo livre para não ficar remoendo o que aconteceu. Note que remoer é diferente de desabafar. O pensamento “ruminativo”, aquele que te deixa em um círculo vicioso e não te dá saída não é nada produtivo e deve ser evitado a todo custo. Mas a ventilação, o desabafar para diminuir a dor, esse deve ser estimulado. As diferenças são sutis, mas você vai perceber.

Para evitar o tempo ocioso, planeje seu dia na noite anterior, anotando todas as suas obrigações e inserindo outras atividades no tempo livre.

4. Evite situações difíceis de lidar.

Assuma que você não está no seu melhor momento e está menos tolerante à frustração. Situações ruins ou chatas vão ser mais difíceis de lidar nesse momento em que você precisa se fortalecer. Cuide para não ir a locais que você sua (seu) ex frequentavam porque vai acabar sendo mais difícil de se segurar para não desabar.

Frequentar ambientes confortáveis e encontrar pessoas que te acolhem é a melhor coisa nesse momento.

5. Faça algo por você. Comece agora algo que adora mas que sempre deixou pra depois.

O vazio que a outra pessoa deixou deve ser ocupado. Mas por quem? Por você mesmo (a)! É claro que você ainda vai se apaixonar e vai amar de novo, mas esse é o momento de curar a ferida. Invista mais energia em você, se concentrando naquelas metas e objetivos que ficava adiando.

Se concentrar nessas metas e perseguir esses objetivos vão ajudar a ocupar seu tempo também, além de melhorar a sua autoestima.

6. Dê um tempo e se esforce para relaxar.

Respeite o seu tempo. Ser forte não significa que você tem que superar rápido. Cada pessoa tem seu tempo e você deve respeitar o seu. É melhor sofrer mais e por mais tempo e, finalmente, conseguir dar a volta por cima e amadurecer com isso, do que buscar uma solução rápida, como por exemplo, partir logo para outra, misturando uma história com uma segunda.

Enquanto estiver relaxando não fique pensando sobre vocês e sobre o que aconteceu. O objetivo aqui é fazer com que você tenha um tempo não de reflexão, mas de distração. Ouvir uma música legal que te desligue de tudo, fazer uma receita que você gosta ou assistir a um filme que adora podem ser boas estratégias.

dicas para superar o fim do namoro

Dicas de como superar o fim do relacionamento:

Além dos passos anteriores sobre como superar o fim de um relacionamento, as dicas a seguir também são importantes:

  1. Assuma que você ainda está se recuperando e que sua maneira de pensar não está 100%, e se comporte de acordo. No momento pós separação você vai estar mais suscetível a tudo e menos resistente, então o melhor a fazer é deixar para depois coisas importantes e que exigem muito de você, como por exemplo, a solução de um conflito com familiares.
  2. Dê um tempo das baladas. Tudo bem que saindo você se distrai, mas uma balada não é o melhor ambiente para alguém que ainda está sofrendo muito e lutando para superar o término de um namoro. As pessoas com quem você vai interagir nas baladas provavelmente estarão pouco receptivas quanto à sua vida afetiva e muito provavelmente não serão acolhedoras.
  3. Cuidado com quem for se abrir. Conversar com alguém não significa que essa conversa vai ser produtiva e te ajudar. A pessoa com quem você falar pode piorar seu estado de humor ou então te oferecer “soluções rápidas”. Procure conversar com um (uma) amigo (a) que você tenha confiança e perceba maturidade, que você julgue que tenha mais recursos para te ajudar. Se estiver realmente muito difícil de superar o fim do relacionamento, o ideal mesmo é que você procure ajuda profissional.
  4. Evite álcool ou outras drogas. Você não tem que esquecer, tem que vencer e crescer nesse processo! As drogas vão interferir na sua maneira de pensar e recorrer a elas como forma de lidar com dificuldades vão aumentar suas chances de dependência.
  5. Quando puder, permita-se chorar. Use esses momentos para tirar um pouco de você a dor, mas não deixe que se tornem “ciclos de sofrimento”. Sempre que precisar chorar repita para si mesmo (a): “está sendo difícil, mas eu vou conseguir superar”.
  6. Esse é seu primeiro término de relacionamento? Se não for, lembre-se de fins de relacionamentos anteriores que você conseguiu superar.
  7. Todo dia quando acordar pense que, apesar de não estar bem, está melhor hoje do que ontem.
  8. Não deixe de dormir! Preste muita atenção à quantidade de tempo que está dormindo. Se você não estiver dormindo o suficiente, tudo vai ficar mais difícil, pois além do estresse emocional, você vai ter o estresse físico para lidar.

Importante! Foque menos no amanhã, menos ainda no ontem e mais no hoje! Se esforce mais para pensar nas coisas que está fazendo para melhorar hoje. Não deixe sua mente presa no passado e nem cogitando incertezas para o futuro. Com paciência e um passo de cada vez, você vai conseguir superar o fim do relacionamento e voltar a ser feliz!

 

Se preferir, você pode também baixar o PDF Como superar o fim de um relacionamento.

pdf como superar o fim de um relacionamento

 

Gostou desse texto? Ele te ajudou em algo? Ajude a divulgar compartilhando 😉

Tem alguma dica sobre como superar o fim do namoro? Então compartilhe e não deixe de comentar!

 

Quer mais? Confira o livro digital “Superando o fim de um relacionamento

 

Como esquecer um amor

 

Um grande abraço e força!!

Como superar o fim de um relacionamento amoroso
4 (80%) 6 votes
 
Fernando Leventi

Fernando Leventi

Psicólogo e Mestre em psicologia. Possui experiência em psicoterapia, docência no ensino superior, assistência social e educação especial. Apaixonado por psicologia clínica, psicologia cognitivo-comportamental e internet. Você pode se conectar através das redes: Facebook | Google + | Twitter | LinkedIn

 

4 thoughts on “Como superar o fim de um relacionamento amoroso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *